ANJOS DA GUARDA

O que é um anjo?

Um ser iluminado, a mais pura essência, uma energia poderosa, um espírito puro a quem Deus confiou mais de 1.165 tarefas, conforme nos conta a própria Bíblia.

Anjos são os espíritos puros criados por Deus, e significam mensageiros, e Anjo da Guarda é o anjo que Deus dá a cada homem, para protegê-lo.

 O Anjo da Guarda nos protege contra a malícia humana, a hipocrisia, a falsidade, a mentira, a injustiça e os ciúmes daqueles que nos querem prejudicar.

      

COMO ACENDER VELA AO ANJO DE GUARDA

                                               angel061

  É um ritual muito simples, porém, com alguns detalhes importantes:

     1- Sempre acender velas brancas;

     2- Colocar a vela + 1 copo com água em um local limpo que fique acima da altura da cabeça da pessoa;

    3- Ao acender a vela, converse com seu Anjo protetor, abra seu coração, agradeça e ao final faça uma oração que pode ser um Pai-Nosso;

 4- Não “levante” seu Anjo, dentro do banheiro ou no chão de qualquer lugar;

 5- Você pode “levantar” seu Anjo em qualquer dia da semana, mas o melhor dia é o domingo.

6- Você só deve acender uma vela para o anjo de outra pessoa se esta pessoa permitir, caso contrário, não adianta nada, você estará somente iluminando o recinto;

7- Quando dissemos “levantar o Anjo”, isto é uma força de expressão, afinal um Anjo tem luz própria e este ritual de “levantar” vela para o Anjo, é para que se possa haver uma ligação entre você e seu Anjo, na realidade esta luz é para iluminar seus próprios caminhos com o poder dos Anjos, se possível, acenda também um incenso, onde você terá a força dos seguintes elementos:  copo de água (água) – luz da vela (fogo) – incenso (ar)

8- Converse sempre com seu Anjo, este é seu verdadeiro amigo, mais que seu pai ou mãe, afinal, os pais sempre querem o melhor para os seus filhos, mas seu Anjo protetor, além de querer o melhor para seu protegido, sabe qual é o seu melhor caminho a seguir.     Faça uma ligação especial com seu Anjo e você nunca se sentirá sozinha (o).

  • Tu que és portador da Paz, derrama sobre mim a Tua luz, suave e profunda, de modo a que eu veja sempre o caminho que percorro e possa ultrapassar todo o tipo de obstáculos. Ajuda-me a ter Paz e a ver a felicidade nas pequenas coisas do dia-a-dia.  Ajuda-me a ser grande nas pequenas coisas, pois, se o conseguir, sei que serei grande nas grandes coisas. ”Que assim seja!!!

 E quando firmamos uma vela para nosso anjo, não estamos dando-lhe luz, mas sim criando um campo de proteção a nossa volta ígneo, ou seja, a partir da chama da vela nosso anjo irradia uma energia ígnea para consumir campos negativos, afastar espíritos desequilibrados e iluminar nosso mental para podermos receber suas orientações através da intuição. Da mesma forma que não encontramos lógica em se firmar esta vela acima ou abaixo de nossa cabeça, pois de um momento que ela tenha sido devidamente consagrada aonde a mesma ficará firmada seja em cima de nossa cabeça ou abaixo da mesma não fará a menor diferença. Quando ofertamos a nosso anjo a água, também não estamos matando sede de ninguém, mas tão somente utilizando-se de um elemento aquático para purificação de nosso espírito. Estes é um dos fundamentos dos rituais de Umbanda. 

 

angel091

 

POR QUE ANJO DA GUARDA

   

 

Cada Anjo tem sob sua responsabilidade uma alma que lhe compete procurar salvar.

 Os homens são custodiados pelos Anjos. Isto porque, como o conhecimento e as aflições dos homens podem variar muito, vindo a desencaminhá-los do bem, foi necessário que Deus destinasse anjos para a guarda dos homens, de modo que, por eles, fossem homens orientados, aconselhados e movidos para o bem.

 Pelo afeto ao pecado, os homens se afastam do instinto do bem natural e do cumprimento dos preceitos da lei positiva e podem também desobedecer às inspirações que os Anjos bons lhes dão invisivelmente, iluminando-os para que pratiquem o bem. Por isso, se um homem vem a perder-se, isso se deve atribuir à malícia do homem e não à negligência ou incapacidade do Anjo da Guarda.

  O Anjo da Guarda livra constantemente seu protegido de inumeráveis males e perigos tanto da alma quanto do corpo, dos quais o homem não se dá conta. Vimos como Jacob se dirigiu a José: “- O anjo que me livrou de todo o mal, abençoe estes rapazes, e seja chamado neles o meu nome, e o nome de meus pais Abraão e Isaque, e multipliquem-se como peixes, em multidão, no meio da terra.  Gênesis 48:16

 O Anjo da Guarda impede que o demônio nos faça o mal que desejaria fazer-nos. Lembremo-nos da história de Tobias capítulo 3. 25. e um santo anjo do Senhor, Rafael, foi enviado para curar Tobit e Sara, cujas preces tinham sido simultaneamente dirigidas ao Senhor.

  O Anjo da Guarda ilumina nosso entendimento, proporcionando-nos as verdades, de um modo mais fácil e compreensível, mediante o influxo que pode exercer em nossos sentidos interiores.

 O Anjo da Guarda nos assistirá particularmente na hora da morte quando mais dele iremos necessitar.anjo-da-guarda%20(19)

 Os Anjos da Guarda, acompanham as almas de seus protegidos ao purgatório e ao céu depois da morte,

  O Anjo da Guarda não pode livrar-nos das penas e cruzes desta vida, enquanto Deus em sua infinita bondade as tem permitido, para nossa provação, santificação e purificação. Mas nos ajudará a suportar pacientemente, resignadamente e até mesmo alegremente as provações que passamos.

 

 

ANJOS DA GUARDA NA UMBANDA

 

 Anjo (do latim angelus e do grego ággelos (ἄγγελος), mensageiro), segundo a tradição judaico-cristã, a mais divulgada no ocidente, conforme relatos bíblicos, são criaturas espirituais, servos de Deus como os homens (Apocalipse 19:10), que servem como ajudantes ou mensageiros de Deus. Os Arcanjos Celestes são seres importantíssimos na criação, pois uma das suas funções é manter o equilíbrio e a harmonia no meio onde atuam. Os anjos são, por assim dizer, auxiliares dos arcanjos. Isto não significa que são menos importantes, principalmente quando falamos dos Anjos de Guarda que possuem a desgastante missão de nos conscientizar e nos manter em equilíbrio, em harmonia conosco, com o meio e com o Universo, guardando-nos e protegendo-nos de possíveis ataques espirituais de ordem negativa.

 Como o nosso anjo nos acompanha diariamente, inclusive nos nossos trabalhos espirituais, muitas vezes “enfraquece-se” devido ao desgaste progressivo das suas vibrações. Assim o nosso anjo precisa de energia para estar firme conosco, no nosso plano, pois para que ele se conecte conosco é necessário, da sua parte, um rebaixamento das suas vibrações. Muitas vezes isso não é possível, pois o nosso campo magnético e energético está fraco, negativado ou denso, o que nos afasta dessa importante força de auxílio. Saiba que não é o nosso anjo que se afasta de nós, mas somos nós que nos afastamos do nosso anjo.

Quando isso acontece, o nosso anjo precisa de uma “dose” extra de energia que precisa “buscar” no nosso plano material, por ser mais efetiva devido à nossa densidade vibratória. Por isso é comum uma pessoa ir a uma gira de Umbanda e os Guias mandarem-na firmar uma vela para o seu Anjo da Guarda ou mesmo “alimentá-lo”. Claro que não se trata de dar de comer ao anjo, mas supri-lo de energia necessária para ele que possa auxiliar-nos melhor.

 O Anjo da Guarda ilumina nosso entendimento, proporcionando-nos as verdades, de um modo mais fácil e compreensível, mediante o influxo que pode exercer em nossos sentidos interiores.

Segundo ensinamentos dos Guias de Umbanda, essa força é tão importante quanto às dos Orixás, visto que a sua vibração, tal como a dos nossos Orixás, se faz presente constantemente na nossa vida. (Diferente da dos Guias que se aproximam de nós apenas quando se faz necessário ou são evocados.)

Um assentamento do nosso anjo da guarda é um reforço bastante eficaz no fortalecimento dos laços que nos unem, pois estreita a nossa ligação. Por isso é aconselhado muitas vezes pelos Guias de Umbanda manter sempre firmada uma vela para o nosso Anjo da Guarda, para que ele possa trazer equilíbrio, força, harmonia e proteção na nossa vida.

 Muitas vezes o assentamento do Anjo da Guarda é conhecido como assentamento de Eledá, que é o conjunto de forças e vibrações dos Orixá que atuam na coroa das pessoas. Porém esse sincretismo tem uma explicação que foi me dada pela preta velha Mãe Maria de Moçambique tempo atrás: “Fio, como o crescimento na Umbanda é lento e a ultima coisa que o filho faz antes de ser coroado, é assentar seus Orixás, a força do Anjo da Guarda de cada um é muito importante. Pois enquanto não chega esse momento, é ele que muitas vezes que cuida da coroa dos filhos, pois tal como seus Orixás eles estão com você o tempo todo, deste que você nasceu, amparando e fortalecendo sua vida”.  

Para o Espiritismo, doutrina que tem o Cristianismo por base e foi iniciada no século XIX por Allan Kardec, os anjos seriam os Espíritos desencarnados que se comunicam com os vivos, encarnados (vide O Livro dos Espíritos, Parte 2, Capítulo 1). Seriam, portanto, aqueles que trazem mensagens do mundo incorpóreo. Por este motivo seriam chamados de anjos, palavra que significa mensageiros, os quais aparecem inúmeras vezes nos textos sagrados de religiões judaico-cristãs, indicando a comunicabilidade entre vivos e mortos.

  • Guia - Ser que espiritualmente foi designado para guiar e orientar uma alma durante todo o período da sua encarnação na Terra. Muitas vezes, o guia não consegue nem chegar perto da pessoa devido a tanta negatividade que ela mesma produz. Depois de desencarnar, o guia ainda a acompanha até determinada etapa.
  • Mentor - Ser Espiritual que ensina, aconselha e orienta sobre determinados temas da Eterna Sabedoria. Pode executar determinados serviços que sejam necessários à evolução do ser humano e da humanidade. Cumpre diversas tarefas e missões designadas pela Hierarquia da Luz. Depois de ensinar e cumprir suas tarefas e missões, até o ponto que for necessário e permitido pelas Leis da Evolução e do Karma, eles se retiram.
  • Protetor - Geralmente, Ser Espiritual da linha de evolução humana, mas que também pode ser um Ser Angélico, ligado por eternos laços do verdadeiro amor, a uma alma humana; e pelo fato de esta não saber se proteger das forças negativas, durante um período Ele a auxilia até que aprenda a se auto proteger. É uma ação de proteção espiritual, não permitindo que as forças malignas exerçam uma influência negativa sobre essa alma.
  • Mensageiro - Geralmente é um discípulo avançado de um Mestre que temporariamente serve de intermediário entre uma fonte superior de energia e Luz e um ser humano. O objetivo é o de levar instruções e ensinamentos para que aquele ser humano – a fim de se elevar – se sublime e se transforme para contatar diretamente os Seres de Luz, e então possa cumprir suas próprias tarefas e missões na Terra, caminhando com seus próprios pés.

 

 A IMPORTÂNCIA DOS ANJOS DA GUARDA NA UMBANDA 

  (Extraído da Apostila da Sociedade Espiritualista Mata Virgem)

 

 

Bem, os anjos de guarda nos protegem e acompanham a cada dia. E esse acompanhamento também está nas horas de trabalho (sessões). Sim, porque estamos numa corrente espiritual onde espíritos sem luz e perturbados, confusos, enfim vêm contra nós, os Orixás, Guias, Entidades nos protegem, mas a presença do anjo da guarda antes e depois da incorporação é por demais importante.

 Um exemplo, normalmente quando uma pessoa sofre um trabalho de demanda, um trabalho contra o bem estar dela, a primeiro reflexo que se nota é o enfraquecimento de seu anjo da guarda, tornando-o distante e deixando a pessoa vulnerável.

 É comum que os Guias/Entidades do terreiro, quando se vêem a frente de uma pessoa com demanda, venham a pedir um “fortalecimento para o anjo de guarda”, ou seja, um reforço para restaurar os laços entre você e seu anjo da guarda. Esse reforço consiste em trazer ele mais próximo de você, com mais força para te proteger contra os *ataques* da demanda.

 Na religião de Umbanda há o costume de se acender uma vela branca ao Anjo da Guarda, oferecendo água e mel. O que pode ser feito de forma simples e como prática espiritual de proteção na presença do Anjo da Guarda, fortalecendo o vinculo entre ele e nós.

 Basta para isso uma vela branca, um pires, um copo de água e mel. Acenda a vela branca e segure-a com a mão direita à frente e acima da cabeça, faça esta evocação:

Eu Evoco à Deus, sua Lei Maior e sua Justiça Divina!

Evoco meu Anjo da Guarda ofereço a vós esta vela e peço que a imante, cruze e consagre em vosso poder se fazendo presente através dela em minha vida, em meu coração, palavras e mente!

  •  Encoste a vela em cima de sua cabeça e imagine a luz dela alcançando o infinito, no alto onde se encontra seu anjo da guarda com o Altíssimo, imagine esse facho de luz  vindo do infinito e iluminando o alto de sua cabeça, entrando por seu corpo e envolvendo com essa luz cada canto do seu corpo onde correr uma gota de sangue. E, neste momento, dê sete voltas em sentido horário com a vela acima de sua cabeça. Após feito isso coloque a vela no pires, pingando no mesmo e colando a vela para não cair, tomando cuidados para não queimar cortinas nem tapetes e evitando estar ao lado de gás. Este pires pode estar num altar, acima de uma mesa, mas nunca no chão. O importante é que no ato de acender e evocar,  a vela estava acima de sua cabeça, agora basta firmá-la em um local seguro. Coloque um pouco de mel em torno da vela e o copo de água ao lado dizendo.
  •  Meu anjo da guarda vos ofereço esta água e este mel, para que me proteja e envolva meu corpo material, astral e espiritual em vossos eflúvios e irradiações. Me inspire bons pensamentos e ações, afastando o mal de minha vida. AMÉM.       (Caso ache necessário faça outros pedidos).

Segundo ensinamentos dos Guias de Umbanda, essa força é tão importante quanto as dos Orixás, visto que a sua vibração, tal como a dos nossos Orixás, se faz presente constantemente na nossa vida.

Já ouvir alguém dizer: “ Quando eu nasci, o meu anjo tinha cabelos longos, loiros, bonitos, mas hoje ele está careca de tanto arrancar os cabelos pelas dor de cabeça que eu lhe dou”.    Imagine se não lhe darmos meios para fortalecer-se para nos ajudar?

Por este motivo, um assentamento do nosso anjo da guarda é um reforço bastante eficaz no fortalecimento dos laços que nos unem, pois estreita a nossa ligação.

 Por isso é aconselhado muitas vezes pelos Guias de Umbanda manter sempre firmada uma vela para o nosso anjo da guarda, para que ele possa trazer equilíbrio, força, harmonia e proteção na nossa vida.

 

E PARA OS MÉDIUNS?

   

photo20040621193359

 Com toda a certeza, para os médiuns, os anjos da guarda são tão importantes quanto os próprios Orixás e Entidades.

 Quando o médium vai incorporar, para que o Orixá/Entidade se aproxime, o anjo de guarda permite a passagem para ocorrer a incorporação. Quando o Orixá/Entidade está incorporado no médium, o anjo da guarda permanece ao lado, pois o médium está protegido por energias do Orixá ou Entidade que está ali.

Quando há o processo de desincorporação, o Anjo da Guarda se aproxima mais, para manter o equilíbrio do médium.

 Portanto, os médiuns devem ficar atentos para não oferecer resistência na hora da desincorporação desse Orixá/Entidade, pois existe uma hora certa em que o Orixá deve deixar a matéria e o anjo da guarda se aproximar, não deixando a matéria desprotegida.

 O seu anjo da guarda, sempre anda com você em qualquer lugar que você esteja, pronto a lhe proteger; embora você não o veja.

 O que chamamos de intuição, muitas vezes é a manifestação de nosso Anjo da Guarda que procura sempre o melhor para nós (aquela voz na cabeça que diz, não faça isso, não vá por esse caminho, etc.).

O nosso anjo da guarda é aquele que nos protege a todo instante de nossas vidas… Por isso, devemos manter acesa uma vela com um copo d’água ao lado em um local alto, e fazer orações ao anjo da guarda regularmente, pedindo sempre que nos guie pelos caminhos certos da vida e que nos proteja.

 Para quem acredita é muito fácil sentir, ouvir e presenciar a manifestação dos anjos em nossa vida dando inspiração para algo que ocorrerá em nossos dias, mas para pessoas que não acreditam que os anjos existam é totalmente difícil manter o anjo próximo dele, esse pensamento negativo e destrutivo para o anjo o enfraquece e acaba por afastá-lo.

 

SEU ANJO DA GUARDA TE CHAMA!

confiança-em-Deus

 Quando o médium fica meio em transe após a incorporação, alguns dirigentes colocam a mão sobre o coração do médium e dizem: “_fulano seu anjo da guarda te chama!”

 Esta era uma prática comum antigamente (não há como datar precisamente) de benzedeiras. Elas utilizavam esta frase como uma pequena oração para pessoas que não se achavam plenamente conscientes por vários motivos (mediunizadas, epilepsia, desmaio, etc.).

Tal prática talvez tenha sido trazido para a nossa amada Umbanda por alguma Preta Velha, já que é de pleno conhecimento nosso que muitas Delas foram exímias benzedeiras.

 O Anjo da Guarda é visto como o Mentor de nossa razão, de nossa consciência; Desta forma este é um chamado ao restabelecimento da consciência com implicações magísticas.

Ao fazer referência ao nosso anjo da guarda, chamando-nos de volta ao domínio das faculdades no corpo físico após o transe mediúnico, ocorre uma espécie de invocação a nós mesmos.

 

O PORQUE DE BANHOS E FIO-DE-CONTAS

 Banhos: Os banhos com ervas de Oxalá servem para fortalecer a sintonia com nosso Anjo da Guarda.

 Fio-de-Contas: Todo de contas brancas*, fazendo uma breve oração a cada conta* colocada no fio. Deixar 3 dias imantando numa bacia de ágata branca, em um “amaci” feito com água mineral e pétalas de rosa branca (não aquecer a água, apenas despetalar as rosas sob a água).

* preferencialmente contas de materiais naturais por serem bons condutores de energia

 

ORAÇÕES PARA O ANJO DA GUARDA

 Santo Anjo do Senhor

Meu zeloso guardador

Se a ti me confiou a Piedade Divina

Me governa, me rege, me guarda e me ilumina.

Amém.

__________________________________________________________________________________________   anjo-da-guarda%20(1)

 

Anjo de Luz, Guardião da minha vida.

A Ti fui confiado pela Misericórdia de Deus.

Ilumina meu espírito, Guarda-me da maldade,

Orienta a minha inspiração,

Fortalece a minha sintonia com a Espiritualidade Superior e torna-me forte

Diante das tempestades que venham a afligir meu intimo.

Lembre-me todos os dias de não julgar nem ferir.

Banhe a minha mente de Amor e Harmonia,

Para que eu possa tornar o mundo melhor para aqueles que convivem comigo.

Quero assim me tornar digno de sua proteção e amor.

Assim seja.

_______________________________________________________________________________________________

 

Meu Santo Anjo da Guarda, velai por mim, abri-me os olhos, dai-me prudência, em meus caminhos pela existência. Livrai-me dos males físicos e morais, das doenças e dos vícios, dás más companhias, dos perigos, e nos momentos de aflição, nas ocasiões perigosas, sede meu guia, meu protetor, e minha guarda, contra tudo quanto me cause dano físico ou espiritual. Livrai-me dos ataques dos inimigos invisíveis, dos espíritos tentadores.

15 responses to this post.

  1. Posted by Elizete manu passarello on 06/08/2013 at 9:04

    Lindo ,ajuda muito obrigado

    Responder

  2. me apaixonei pelo seu blog, pois nele encontrei tudo o que eu queria saber e muito mais,vc está de parabens, pois todo conteudo é minuciosamente explicado

    Responder

  3. Posted by suelem on 18/11/2013 at 17:43

    Gostei tirei algumas duvidas obrigado

    Responder

  4. Posted by Vilma on 12/01/2014 at 15:10

    amei seu blog,estava muito mesmo precisando relembrar tudo isso,do qual me afastei por dar ouvidos a pessoas que penso só queriam retirar a minha força e a Fé linda que tenho nos anjos ,pessoas que penso só querem me separar de minha família.Sabedoras do poder dos Anjos e das velas queriam apagar de dentro de mim esta Luz. Obrigada,vou começar a fortalecer meu Anjo novamente.Que Deus aumente a sua força e a sua luz sempre.

    Responder

  5. Posted by Isis Sayao on 21/01/2014 at 0:43

    Eu agradeço ………. Luz para todos

    Responder

  6. Que os orixas continuem te iluminando, seu blog é muito lindo e fortalecedor de nossas crenças. Abraços Fraternos

    Responder

  7. Posted by Gleise on 01/02/2014 at 10:25

    Estou encantada com o blog. muitas de minhas dúvidas estão sendo sanadas aqui. muito obrigado!!!

    Responder

  8. Posted by sandra on 18/03/2014 at 10:01

    Raquel,muito obrigada pelos esclarecimentos dados,pois frequento a UMBANDA há mais de um ano na corrente,e não consegui até hoje me concentrar o suficiente,para dar passagem aos meus guias,lendo o seu blog tenho FÉ e CERTEZA que daqui pra frente vai ser diferente,espero logo estar postando que meus guias estão em terra ajudando e fazendo caridade a quem precisa,fique com Deus !!!

    Responder

    • Obrigada pelas palavras de carinho Sandra, que Oxalá te ilumine dando paz e sabedoria para que desenvolva com muita fé sua mediunidade de incorporação.

      Responder

  9. Posted by ROSELAINE on 03/04/2014 at 2:11

    Adorei seu blog me ajudará bastante muito obrigada por saibas palavras de fé e força.
    e Deus te ilumine sempre!!!

    Responder

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 141 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: